Unicap recebe ameaça de ataque igual ao de Suzano/SP



A Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) recebeu um telefonema na segunda-feira (18) de um homem relatando que haveria um ataque, nesta terça-feira (19), na Rua do Lazer, que fica localizada entre dois blocos da Unicap, semelhante ao ocorrido em escola de Suzano, em São Paulo. A notícia se espalhou entre estudantes, que relatam estarem assustados. Atividades foram adiadas; também há informação de ausência de chamada devido à baixa quantidade de alunos; e viaturas da Polícia Militar (PM) circulam nos arredores da universidade.

Através de nota, a Unicap informou ter acionado, preventivamente, autoridades competentes do Estado e reforçou sua segurança interna. “Após o ataque à escola em Suzano, algumas instituições de ensino do país estão recebendo ligações com supostas ameaças”, salientou a instituição por meio de nota. Uma quantidade incomum de viaturas da PM circula no entorno da Unicap. A assessoria da PM foi procurada para confirmar o reforço da segurança no local, mas não respondeu até a publicação da matéria. A Polícia Civil disse não ter registro do caso.

Devido à apreensão causada nos estudantes, algumas aulas tiveram atividades suspensas. “A aula que eu iria hoje foi cancelada. Os alunos ficaram com medo de ir dizendo que até a universidade se posicionar os próprios pais não estavam deixando ir. Aí o professor falou que entendia o lado da turma e que se a maioria não fosse ele remarcaria os trabalhos do dia”, comentou uma estudante do 1º período do curso de Direito. De acordo com a Unicap, não houve, de fato, cancelamento de aulas e os professores estão presentes.

Segundo as mensagens que circulam nas redes sociais, a pessoa que fez um telefonema se identificou como estudante do curso de Arquitetura. Nas redes sociais, o assunto também tem repercutido. “É muito difícil um negócio desse ser verdade, mas como um ser humano brinca com uma coisa dessa?”, questiona um usuário do Twitter. “Espero que seja um boato e nada aconteça, mas é assustador”, escreve uma internauta. “Estou tentando condicionar minha mente desde já para não ter uma crise no meio da Unicap achando que alguma coisa vai acontecer”, publicou outra.

Suzano

Dois assassinos, de 25 e 17 anos, mataram sete pessoas na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano-SP, na quarta-feira (13). Um deles matou o próprio tio em uma loja de automóveis antes de seguir para a escola. Segundo a Polícia Civil, um dos atiradores matou o comparsa e se matou em seguida. Um menor de 17 anos suspeito de ajudar no planejamento foi apreendido na manhã desta terça-feira (19).

Do LeiaJá

Nenhum comentário