Advertising

Morre o promotor Romildo Ramos


Morreu nesta terça-feira (05), vítima de um infarto fulminante, na Praia de Serrambi, litoral Sul do Estado,  o advogado e promotor aposentado Romildo Ramos da Silva, 82 anos.

Romildo, junto com a esposa, Mariluce, passavam Carnaval na casa de um familiar. No início da tarde, ele resolveu ir à praia, tomar banho de mar. Ao sair da água, sentiu-se mal e teve um infarto fulminante. "Houve tentativa de socorro, mas ele não resistiu", informou uma veranista do local.


Em novembro de 2017, uma tragédia abalou a família do promotor aposentado, quando o carro dirigido por João Victor Ribeiro de Oliveira Leal avançou o sinal do cruzamento das ruas Cônego Barata e Avenida Conselheiro Rosa e Silva, no bairro da Tamarineira, Zona Norte do Recife, e colidiu com outro veículo que passava no local.

Nele, estavam o advogado Miguel Arruda Motta Silveira Filho, sua esposa, a também advogada Maria Emília Guimarães e os filhos Miguel Neto e Marcela Guimarães, além da babá, Roseane Maria de Brito.

Maria Emília e Miguel Neto, respectivamente, filha e neto de Romildo, faleceram no acidente, juntamente com a babá Roseane Maria. 

Até o início desta noite, o corpo do magistrado permanecia no Posto de Saúde da cidade aguardando o Instituto de Medicina Legal - IML.

O velório acontece a partir das 10h desta quarta-feira (06), no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, Região Metropolitana do Recife, onde às 15h, ocorrerá a cremação.

Atualizada às 08h45 (06/03/19)

Nenhum comentário