Acharam Alana

quinta-feira, março 22, 2018


A adolescente Alana Sá Barreto, de 17 anos, desaparecida desde o domingo (18), foi encontrada nesta quinta-feira (22). A família, inicialmente, recebeu a informação de que a jovem estava na Ilha do Governador, mas, em seguida, foram informados de que Alana estava sob custódia policial em uma faculdade em Niterói. Segundo a família, ela está bem. A volta ao Recife deve acontecer entre a quinta e a sexta (22).

A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil de Pernambuco e aguarda retorno sobre o desfecho do caso. A reportagem também questionou a corporação se o universitário de 20 anos com quem Alana se encontrou no Rio foi chamado para prestar depoimento.

Alana havia sido vista pela família pela última vez na tarde do domingo (18), quando foi deixada pela mãe em um shopping da Zona Sul da capital pernambucana para se encontrar com uma amiga. Desde então, a família iniciou uma campanha nas redes sociais para encontrar a adolescente.

Através de imagens de câmeras de segurança do centro de compras, a Polícia Civil identificou que Alana entrou em um carro de transporte particular de passageiros com uma mochila nas costas. Durante as investigações, a corporação também constatou que ela saiu do shopping em direção ao aeroporto, de onde seguiu de avião para o Rio de Janeiro.

Ainda segundo a Polícia, a adolescente viajou para se encontrar com o namorado, um universitário de 20 anos, com quem se comunicava pela internet. À Polícia, ele afirmou não saber que a ida de Alana ao Rio de Janeiro não tinha sido comunicada aos pais dela e também diz ter insistido para que ela se comunicasse com a família.

Na terça (20), o gestor do Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA), Darlson Macêdo, informou ter acionado a Polícia Civil do Rio de Janeiro, já que a adolescente havia fugido do universitário com quem se encontrou desde a segunda (19).

Do G1/PE

Você também pode curtir

0 comentários